Confrontos entre policiais e islamitas deixam 72 mortos no Chade

Violentos enfrentamentos entre policiais e combatentes islâmicos deixaram 72 mortos no sul do Chade, anunciou nesta quarta-feira o ministro do Interior, Ahmat Mahamat Bachir.

AFP |

Os confrontos começaram quando policiais tentaram prender um predicador extremista na madrugada de segunda-feira em Kouno, 300 km ao sudeste de N'Djamena.

Afirmando ser "um enviado de Deus que não precisa conversar com o Estado", o predicador se recusou a receber a missão oficial e lançou seus fiéis armados com "pedaços de pau, flechas envenenadas e sabres" contra os policiais, que revidaram com armas de fogo.

Sessenta e oito islâmicos e quatro policiais morreram durante o confronto.

Leia mais sobre: Chade

    Leia tudo sobre: chade

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG