Nova Délhi - Pelo menos 19 pessoas morreram por causa dos confrontos que começaram ontem na região indiana de Bengala entre militantes de partidos rivais, declarou hoje uma fonte oficial.

Um ativista do Partido Comunista da Índia-Marxista (TPI-M) morreu hoje e outras seis pessoas ficaram feridas em um confronto armado entre simpatizantes do Partido do Congresso e do TPI-M em Murshidabad, explicou o chefe deste distrito, Subir Bhadra, citado pela agência "PTI".

Outras 18 pessoas morreram ontem e um total de 231 foram internadas em hospitais da região por causa dos episódios de violência registrados durante a última jornada eleitoral dos pleitos municipais de Bengala, episódios que incluíram ataques com explosivos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.