Confrontos entre militares e rebeldes tuaregues deixam 20 mortos em Mali

Dacar, 21 dez (EFE).- Pelo menos 20 pessoas morreram quando um grupo rebelde tuaregue atacou no sábado um destacamento do Exército de Mali em Nampala, cerca de 500 quilômetros ao nordeste de Bamaco, a capital do país, perto da fronteira com a vizinha Mauritânia, informou hoje a televisão nacional senegalesa RTS.

EFE |

Segundo o canal, que cita um comunicado do Ministério da Defesa malinês, nove soldados morreram no ataque, no qual também ficaram feridos outros 11 militares.

O comunicado também menciona que os rebeldes tiveram nove mortos entre suas filas, e que um número indeterminado de guerrilheiros ficaram feridos no ataque, que durou várias horas.

A nota do Ministério da Defesa atribui o ataque ao grupo rebelde liderado por Ibrahim Ag Bahanga, que confirmou sua autoria a vários meios de comunicação, mas afirmou que 20 soldados morreram e que suas forças só tiveram "alguns feridos".

Os tuaregues de Mali, que lutam contra a marginalização dessa comunidade nômade do Saara, assinaram em 2006 um acordo de paz com as autoridades de Bamaco, mas grupos dissidentes retomaram os enfrentamentos em julho de 2007, após acusar o Governo de não cumprir os pontos definidos. EFE st/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG