Confrontos entre militares e pistoleiros deixam seis mortos no México

Seis mortos e um militar ferido foi o balanço de confrontos, este sábado, no norte do México, entre tropas do Exército e supostos pistoleiros do narcotráfico, informaram as autoridades.

AFP |

Um dos confrontos ocorreu no município de Juárez, vizinho a Monterrey (1,2 milhão de habitantes), onde ficaram "os corpos de cinco supostos marginais", disse a secretaria de Defesa Nacional em um comunicado.

No enfrentamento, "um soldado ficou ferido", acrescentou.

Segundo o Exército, os homens abriram fogo contra os militares que faziam uma patrulha.

Pouco antes foi registrado outro confronto no município de San Nicolás, também vizinho à industrializada Monterrey, quando soldados ordenaram que um veículo suspeito parasse.

O motorista passou direto, provocando perseguição e troca de tiros na qual morreu. Uma intensa operação de buscas com helicópteros era realizada neste sábado na área onde os confrontos ocorreram.

Monterrey e outras cidades do norte do México vivem uma onda de violência devido ao enfrentamento entre integrantes do cartel do Golfo e seus antigos aliados, Los Zetas.

Mais de 22.700 pessoas foram assassinadas no México desde o fim de 2006, no âmbito de uma guerra contra o tráfico de drogas que o governo enfrenta com 50.000 militares.

str/lp/mvv

    Leia tudo sobre: méxico

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG