Confrontos entre milícias rivais deixam pelo menos 30 mortos na Somália

Mogadíscio, 11 jan (EFE).- Pelo menos 30 pessoas morreram e mais de 50 ficaram feridas em confrontos registrados hoje entre duas milícias islâmicas rivais em Guriel, na região central da Somália, confirmaram à Agência Efe fontes locais.

EFE |

Os combates tiveram como protagonistas o Al-Shabab, um grupo fundamentalista islâmico, e a milícia rival, relativamente moderada, Ahlusunna.

Ahmed Hassan, um médico do hospital Dhusamareb, disse que os feridos ultrapassaram a capacidade da instalação de saúde.

"Cinqüenta e duas pessoas foram internadas neste hospital, a maioria delas civis e a situação é crítica", declarou Hassan, que afirmou que Guriel está a 40 quilômetros, mas que não se sabe se há mais feridos no povoado que não conseguem chegar à clínica por falta de transporte.

Moradores de Guriel disseram, por outro lado, que a luta começou após o Al-Shabab atacar acampamentos do Ahlusunna na localidade.

"Fugimos de nossas casas e tentamos nos esconder, mas as pequenas árvores do povoado não dão proteção suficiente. As balas perdidas mataram muitos, vi os corpos de 20 pessoas", declarou uma habitante da localidade, que também afirmou que "é impossível levar os feridos para o hospital". EFE aa/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG