Confrontos entre facções matam 19 talibãs no Paquistão

Islamabad, 11 ago (EFE).- Pelo menos 19 supostos talibãs pertencentes a facções rivais morreram em confrontos armados em uma área tribal paquistanesa, informou hoje a imprensa do país.

EFE |

O motivo da disputa é o domínio de um posto de controle na região tribal de Orakzai e as facções em conflito estão sob a direção do líder talibã Hakimullah Mehsud, segundo o canal privado "Dawn".

Hakimullah é primo e estreito colaborador de Baitullah Mehsud, líder do movimento Tehrik-e-Taliban Paquistan (TTP), que reúne os diferentes grupos talibãs no país.

As autoridades do Paquistão acham que Baitullah morreu no último dia 5 em um ataque com mísseis dos EUA cometido na demarcação do Waziristão do Sul, na fronteira com o Afeganistão, mas ainda não há "provas científicas", como o cadáver ou restos de DNA, que confirme esta informação.

Apesar de vários porta-vozes do TTP terem desmentido a morte de seu líder, o Governo paquistanês especulou a possibilidade de que tenham começado disputas na cúpula dos talibãs em torno da sucessão de Baitullah. EFE igb/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG