Confrontos entre autoridades e manifestantes deixam quase 30 feridos no Peru

Lima, 16 jun (EFE).- Autoridades peruanas e manifestantes que há uma semana bloqueiam a estrada Pan-americana, na província de Moquegua, entraram em confronto em um incidente que deixou pelos menos 21 policias e sete civis feridos.

EFE |

Segundo o "Canal N" de televisão, várias autoridades, entre elas um general da Polícia, foram retidos pelos manifestantes, que exigem a retirada das forças de segurança para libertá-los.

Os cidadãos de Moquegua, apoiados pelas autoridades locais, protestam há uma semana para reivindicar uma melhor redistribuição do dinheiro que as regiões peruanas recebem do Estado em função dos impostos arrecadados com as minas locais.

Os manifestantes pedem ao Executivo que a repartição desse dinheiro seja feita segundo a quantidade de mineral extraído das minas e não pelo cobre produzido. Eles ainda pedem que se modifique a porcentagem da quantia destinado em relação à região de Tacna que, para eles, recebe mais do que merece.

O bloqueio da Pan-americana, a principal estrada do país que vai do sul ao norte do Peru, provocou o desabastecimento de alimentos e combustível na região de Tacna, fronteiriça com o Chile.

O Executivo peruano anunciou o início de um diálogo com as autoridades regionais para buscar uma solução para o conflito, embora acredite que as negociações só terão êxito se forem suspensos os bloqueios de estradas. EFE amr/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG