Confrontos em eleições locais no Haiti deixam 1 morto e 3 feridos

Porto Príncipe, 21 jun (EFE).- Uma pessoa morreu e outras três ficaram feridas hoje em confrontos isolados durante o segundo turno das eleições parciais para o Senado no Haiti, informaram as autoridades locais.

EFE |

Um homem identificado como Jean-Pierre Wilfrid foi assassinado em Jérémie, no departamento de Grand Anse, sudoeste, em choques entre seguidores dos candidatos do partido governista Lespwa (A Esperança) e da Fusão dos Social-democratas, que disputam uma cadeira no Senado por este departamento.

Os confrontos aconteceram na localidade de Prévilé, ao leste da cidade. A Polícia confirmou que procura o autor do crime.

Já a conselheira eleitoral Lorette Creencia, delegada pelo Conselho Eleitoral Provisório (CEP) em Grand Anse, informou à Efe que o episódio não afeta o desenvolvimento das eleições na região.

Ele considerou que "a Polícia fez um trabalho admirável" e que "a manutenção da ordem está bem garantida".

Durante a campanha eleitoral, houve uma certa tensão em Grand Anse, onde os seguidores do Lespwa e da Fusão dos Social-democratas estiveram a ponto de entrar em choques violentos.

Neste domingo também houve incidentes violentos entre estas forças políticas no sudeste, onde duas pessoas ficaram feridas após serem baleadas, e outra depois de ser atacada com uma arma branca, confirmou a Polícia, que não deu detalhes do caso.

Estes dois partidos tinham assinado um pacto de não agressão, por causa de incidentes anteriores ocorridos na campanha eleitoral que deixaram uma morte por arma de fogo no sudeste. EFE gp/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG