Confrontos deixam ao menos 47 mortos no Paquistão

Islamabad - Pelo menos 45 fundamentalistas e dois soldados morreram hoje em combates travados no noroeste paquistanês, onde o Exército realiza operações militares, informou à Agência Efe o porta-voz das Forças Armadas Murad Khan.

EFE |

O Exército "completou uma operação de rastreamento" de insurgentes na região de Khawzakhela do vale de Swat, pertencente à Província da Fronteira do Noroeste (NWFP), na qual morreram pelo menos 25 fundamentalistas em combates com as forças de segurança, segundo Khan.

Segundo a fonte, nos enfrentamentos morreram também dois soldados.

As forças de segurança desenvolvem em Swat desde julho uma ofensiva contra a insurgência talibã local, na qual asseguram ter matado cerca de 500 fundamentalistas.

O Exército também realiza atualmente uma ofensiva contra os talibãs na região tribal de Bajaur, na fronteira com o Afeganistão, onde hoje outros 20 fundamentalistas morreram em bombardeios de helicópteros militares.

Em um outro incidente no noroeste paquistanês, quatro pessoas ficaram feridas hoje, também em NWFP, devido à explosão de uma bomba durante a passagem de um veículo oficial.

Leia mais sobre: Paquistão

    Leia tudo sobre: paquistão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG