Confrontos deixam 37 mortos e 100 feridos no cinturão tribal paquistanês

Islamabad, 13 abr (EFE).- Pelo menos 37 pessoas morreram e mais de 100 ficaram feridas nos combates entre grupos rivais que acontecem há mais de uma semana no cinturão tribal paquistanês, informou hoje o canal Geo TV.

EFE |

Os choques, que começaram quando um dos lados atacou com mísseis o outro, ocorrem em várias localidades da região tribal de Kurram, perto da fronteira afegã.

Nos enfrentamentos, nos quais várias casas foram destruídas, estão sendo utilizados foguetes, morteiros e armas automáticas.

Em conseqüência dos combates, a estrada que liga as cidades de Parachinar, no cinturão tribal, e Peshawar, capital da Província da Fronteira Noroeste, foi fechada ao trânsito.

A zona dos choques permanece sem fornecimento elétrico, acrescentou a "Geo".

Os confrontos entre grupos rivais são freqüentes no noroeste paquistanês, especialmente no cinturão tribal, refúgio da insurgência talibã. EFE igb/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG