Pelo menos 200 pessoas morreram sexta-feira e sábado na cidade de Jos, no centro da Nigéria, durante violentos confrontos entre cristãos e muçulmanos, anunciou neste domingo o comissário (ministro) da informação do estado de Plateau, Nuhu Gagara.

"Os números oficiais comunicados pela polícia indicam que cerca de 200 pessoas morreram", declarou Gagara durante uma entrevista coletiva, sem se pronunciar sobre o número de feridos destes confrontos, provocados pela contestação dos resultados de uma eleição local realizada na quinta-feira.

"Este número de mortos ainda pode aumentar, pois uma delegação designada pelo governo do estado está neste momento percorrendo a cidade para recuperar os corpos", ressaltou o ministro.

abu/yw

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.