Confrontos com Marinha nigeriana deixam 12 rebeldes mortos

Lagos, 15 ago (EFE) - Pelo menos 12 membros de um grupo rebelde morreram em um confronto com a Marinha da Nigéria, no qual ficaram feridos dois militares, na região petrolífera do delta do rio Níger, informaram as autoridades. O porta-voz da Marinha na Força Conjunta de Intervenção destacada no delta do Níger, tenente Olabisi Way, declarou à Agência Efe que o episódio aconteceu quando uma patrulha naval sofreu uma emboscada na zona de Alakiri, perto da principal cidade da área, Port Harcourt. Os rebeldes, que estavam em duas lanchas rápidas, abriram fogo contra a embarcação da patrulha, que respondeu aos disparos. No combate morreram os 12 rebeldes, e outros dois militares ficaram feridos. Também foram destruídas as duas lanchas dos insurgentes e recuperadas duas metralhadoras, três fuzis AK47 e 338 carregadores com munição, explicou o porta-voz militar.

EFE |

Após este fato, o tenente Way insistiu em que "a Marinha nigeriana quer pedir a outros grupos rebeldes que deponham as armas e que tratem dos assuntos políticos referentes ao delta do Níger com os Governos federal e estadual". EFE sa/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG