Confronto na Nigéria: polícia fala em 39 mortos e impõe toque de recolher

Enfrentamentos entre a polícia e membros de uma seita islâmica radical pró-talibã deixaram 39 mortos neste domingo no norte da Nigéria, segundo um balanço comunicado pela polícia.

AFP |

"Trinta e nove pessoas morreram, entre elas um soldado, e dois policiais e 16 membros (da seita) foram feridas", declarou à AFP Mohammed Barau, porta-voz da polícia da cidade de Bauchi, palco dos combates.

"Prendemos 176 pessoas", destacou Barau, contactado por telefone.

Mais cedo, um enfermeiro do Bauchi Specialist Hospital disse à AFP que 42 corpos, em maioria de membros da seita, tinham sido transferidos para o hospital.

O governador do estado de Bauchi, Isa Yuguda, instaurou um toque de recolher das 21H00 às 06H00 da manhã.

"Em consequência da crise registrada pela manhã em algumas partes de Bauchi, decreto o toque de recolher a partir desta noite", declarou Yuguda durante uma entrevista coletiva.

A medida será mantida "pelo tempo que for necessário para restabelecer uma paz duradoura nesta cidade", acrescentou.

abu/yw

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG