Confronto na Caxemira deixa pelo menos 1 morto e 12 feridos

Nova Délhi, 12 set (EFE).- Pelo menos uma pessoa morreu hoje e cerca de 12 ficaram feridas, entre elas um líder separatista, em confrontos com a Polícia na conflituosa região indiana da Caxemira, informou uma fonte policial.

EFE |

Na localidade de Shopian, que fica a 56 quilômetros de Srinagar, a Polícia abriu fogo contra um grupo de manifestantes da Caxemira e matou um deles, diz uma fonte citada pela agência "Ians".

O confronto aconteceu após um grupo de religiosos chegar a uma mesquita de Shopian.

Também foram registrados protestos em Srinagar, onde o líder da Frente Nacional de Libertação de Jammu e Caxemira (JKLF), Yassin Malik, ficou ferido em confrontos com os agentes, diz uma fonte oficial citada pela agência "PTI".

"Nosso movimento é pacífico e nenhum poder militar pode derrotar a decisão do povo da Caxemira", declarou Malik em um comício antes dos choques.

Malik fez um apelo aos aldeões para que não jogassem pedras contra os policiais nem cantarem palavras de ordem para os provocarem.

Os confrontos aconteceram na parte velha de Srinagar após o primeira reza da tarde, quando os manifestantes iniciaram seus protestos. EFE amp/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG