Confronto entre talibãs e grupo rival mata 12 no Paquistão

Islamabad, 9 ago (EFE).- Pelo menos nove supostos insurgentes e três membros de um grupo tribal pró-governamental morreram em um combate na demarcação paquistanesa de Mohmand, na fronteira com o Afeganistão, informou hoje o canal Dawn TV.

EFE |

Segundo a rede de televisão, que cita fontes não identificadas, um grupo de insurgentes atacou no sábado à noite a casa do líder tribal Malik Ajmal, que, na semana passada, capturou 12 talibãs e os entregou às autoridades paquistanesas na zona de Khawazai.

Após o ataque, houve um tiroteio no qual Ajmal e dois colaboradores morreram, assim como nove insurgentes.

O canal "Geo" aumentou para 14 o número de vítimas fatais e acrescentou que Ajmal tinha escondido insurgentes dissidentes.

Chamados pelo Governo de "Comitês da Paz", estes são grupos que colaboram com as autoridades do país e enfrentam a insurgência talibã paquistanesa.

Islamabad deu por "quase confirmado" que o líder dos talibãs paquistaneses, Baitullah Mehsud, morreu na quarta-feira passada em um ataque com mísseis dos EUA em seu reduto, o Waziristão do Sul, mas as autoridades ainda estão tentando encontrar seu cadáver. EFE igb-mb/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG