Confronto entre sérvios e Polícia deixa dezenas de feridos no Kosovo

Pristina, 8 mar (EFE).- Dezenas de pessoas ficaram feridas, seis delas gravemente, em um confronto entre sérvios e a Polícia kosovar registrado hoje na aldeia de Silovo, ao leste do Kosovo, informaram as forças de segurança.

EFE |

Cerca de 500 sérvios dessa aldeia da região de Gjilan protestavam pelo terceiro dia consecutivo contra a falta de luz, depois que uma falha deixou os habitantes da localidade sem eletricidade durante uma semana.

A companhia elétrica kosovar afirma que os moradores não pagaram as contas de luz durante anos e que, por isso, não vai reparar o defeito.

Por sua vez, fontes sérvias denunciam que as autoridades do Kosovo não permitem que os técnicos da distribuidora elétrica da Sérvia consertem o problema.

A Polícia interveio quando os manifestantes tentaram fechar a estrada que liga Pristina a Gjilan, explicou à Agência Efe o porta-voz policial Arber Beka.

"Manifestantes atiraram pedras contra os agentes e oito policiais ficaram feridos", afirmou, para depois explicar que foram usadas bombas de gás lacrimogêneo para dispersar o protesto.

Beka acrescentou que duas pessoas foram detidas.

O ministro sérvio para o Kosovo, Goran Bogdanovic, acusou o Governo kosovar de causar "uma catástrofe humanitária exercendo uma enorme pressão sobre os sérvios para que se integrem em um falso Estado".

O médico Zoran Dimeski, que trabalha no hospital de Silovo, afirmou à agência sérvia "Tanjug" que seis pessoas foram internadas com ferimentos graves. EFE am/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG