Caracas, 30 jan (EFE).- Dois trabalhadores acabaram mortos e outros seis feridos em um confronto com a Polícia em uma fábrica da Mitsubishi na Venezuela, episódio que acontece em meio à demissão de mais de cem operários, informou hoje a imprensa local.

Dois policiais da localidade de Anzoátegui também ficaram feridos no confronto que aconteceu na última quinta na unidade de montagem da Mitsubishi Motors Company.

O episódio aconteceu quando a força policial tentou retirar da instalação 100 trabalhadores que a mantinham tomada após serem demitidos, afirmou o líder sindical Félix Martínez.

"O chefe do grupo de Ação Imediata Policial, Grip Manuel Ortiz, deu a ordem de abrir fogo", declarou Martínez ao jornal "Últimas Noticias" de Caracas. EFE gf/fal

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.