Beirute, 10 mai (EFE).- Um confronto entre partidários da Corrente do Futuro, da maioria anti-síria, e membros do opositor Partido Nacional Social da Síria (PNSS) deixaram 12 mortos hoje na cidade de Halba, informa a emissora LBC.

A "LBC" informou que três partidários da Corrente do Futuro, que é liderada pelo chefe da maioria parlamentar, Saad Hariri, morreram ao serem baleados por membros do PNSS quando proferiam palavras de ordem.

Em represália por esta ação, os partidários do movimento de Hariri entraram em uma sede do PNSS e mataram nove de seus militantes.

A violência nas ruas do oeste de Beirute, que foi ocupada ontem pela oposição xiita liderada pelo Hisbolá, se espalhou hoje para outros pontos do Líbano.

O Hisbolá e grupos da oposição anunciaram hoje que retirarão seus milicianos das ruas da capital libanesa após o Exército ter interrompido duas medidas do Governo contra a organização xiita. EFE ks/fal

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.