Confronto entre Exército e milicianos xiitas deixa 5 mortos no Iraque

Bagdá, 18 mai (EFE).- Pelo menos cinco pessoas morreram e 30 ficaram feridas, entre elas várias mulheres e crianças, em novos incidentes entre soldados iraquianos apoiados pelos Estados Unidos e milicianos xiitas do Exército Mehdi, no leste de Bagdá.

EFE |

Segundo fontes policiais, os combates aconteceram na noite de sábado em Cidade de Sadr, que nas últimas horas voltou a ser palco de duros confrontos, e no distrito vizinho de Al Maamel.

A morte de cinco pessoas nos enfrentamentos rompe a estabilidade alcançada depois que o Governo iraquiano e o clérigo Moqtada al-Sadr, líder do Exército Mehdi, selaram um acordo de cessar-fogo no último dia 10.

Ainda de acordo com as mesmas fontes, dois soldados iraquianos morreram e cinco ficaram feridos neste domingo em conseqüência da explosão de um carro-bomba enquanto patrulhavam o bairro de Zayuna, no leste de Bagdá.

Em Tikrit, capital da província de Salah ad-Din, o Exército americano deteve cinco pessoas durante uma operação no bairro de Qadisiyah.

Em comunicado, o Ministério do Interior iraquiano também informou que a Zona Verde de Bagdá voltou a ser alvo de um ataque com foguetes Katyusha, no qual quatro pessoas ficaram feridas.

No bairro de Al Iskan, na zona oeste da capital iraquiana, outros quatro civis foram atingidos por um projétil que caiu sobre uma casa, destruindo-a totalmente.

Já no bairro de Hay al-Amal, também na zona oeste de Bagdá, agentes de uma empresa de segurança particular detonaram der modo controlado uma bomba que tinha sido colocada em um mercado popular.

EFE ah/wr/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG