Gaza, 13 abr (EFE).- Dois milicianos palestinos da Jihad Islâmica morreram no começo da manhã desta terça-feira em um confronto com soldados israelenses no leste de Gaza, segundo fontes médicas na faixa.

Além dos dois mortos, outros dois milicianos ficaram feridos, informou aos jornalistas uma fonte dos serviços de emergência desse território palestino.

O incidente armado ocorreu perto do campo de refugiados de Al-Bureij, muito próximo à fronteira com Israel.

As forças israelenses, apoiadas por helicópteros, dispararam contra os milicianos palestinos, que responderam atirando, informou a Jihad Islâmica em comunicado.

"Nossos milicianos mantiveram uma feroz batalha com a força armada, que tratou de invadir a área", afirma a nota, a qual acrescenta que os milicianos "feriram vários soldados", o que não foi confirmado pelo Exército israelense.

Contatada pela Agência Efe, uma porta-voz do Exército israelense se limitou a confirmar o confronto e indicar que os soldados "dispararam nos milicianos porque estes estavam colocando explosivos ao longo da cerca de segurança". EFE sar-aca/dm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.