Confiscados 406 quilos de maconha que iriam do Paraguai para o Brasil

Assunção, 17 dez (EFE).- As autoridades paraguaias confiscaram hoje 406 quilos de maconha que teria o Brasil como destino, em duas operações realizadas em Ciudad del Este, na fronteira entre os dois países.

EFE |

A Secretaria Nacional Antidrogas (Senad) informou que encontrou 302 quilos da droga, escondida em pães, em uma casa na cidade de Presidente Franco, perto de Ciudad del Este, que faz fronteira com Foz do Iguaçu (PR), onde foi detido Marcos Candia, que teve um revólver confiscado.

Em uma segunda operação, os agentes antidrogas apreenderam 104 quilos de maconha e uma espingarda em Ciudad del Este, capital do departamento de Alto Paraná, onde também foi preso Anastacio Ojeda.

As operações foram lideradas pelo juiz Samuel González e pelo promotor Manuel Rojas, que se encarregaram da transferência dos detidos e da droga para a base da Senad na região.

O organismo antidrogas informou que a maconha confiscada seria enviada ao Brasil, um dos principais pontos de destino da droga cultivada nas regiões de floresta dos departamentos de Amambay, Canindeyú e Concepción, também na fronteira. EFE rg/pd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG