Confirmadas mortes dos 104 ocupantes do avião que se acidentou na Líbia

Argel, 12 mai (EFE).- Foi confirmada a informação de que 104 pessoas morreram nesta quarta-feira em decorrência da queda de um avião da companhia líbia Afriqiyah Airways procedente de Johanesburgo no aeroporto de Trípoli, informou a agência líbia "Jana".

EFE |

Argel, 12 mai (EFE).- Foi confirmada a informação de que 104 pessoas morreram nesta quarta-feira em decorrência da queda de um avião da companhia líbia Afriqiyah Airways procedente de Johanesburgo no aeroporto de Trípoli, informou a agência líbia "Jana". Segundo a agência oficial, no aparelho, um Airbus A330, viajavam 93 passageiros e 11 tripulantes, e todos faleceram no acidente, que aconteceu por causas ainda desconhecidas. A mesma fonte indicou que o voo era o número 771, procedente da África do Sul, e que o avião se acidentou quando estava perto de aterrissar, às 6h locais (1h pelo horário de Brasília). A companhia Afriqiyah Airways confirmou em seu site o acidente do avião "no momento da aterrissagem", assim como o número de pessoas que ocupavam a aeronave. As autoridades líbias fecharam o acesso às imediações do aeroporto, aonde chegaram várias ambulâncias, mas não havia sinais do acidente, como colunas de fumaça, segundo indicaram à agência Efe pessoas que viviam em locais próximos ao terminal. As condições meteorológicas eram boas no momento do acidente na capital líbia. Segundo algumas fontes locais, o avião ia fazer escala em Trípoli e prosseguir viagem rumo a Londres. Por isso acredita-se que haja passageiros de nacionalidade britânica entre os falecidos, além de líbios e sul-africanos. A companhia líbia Afriqiyah Airways foi criada em 2001 com o objetivo de conectar o continente africano a Europa, Ásia e Oriente Médio. EFE sk-jg/fm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG