Confirmadas 3 novas mortes por gripe no Brasil; total de óbitos sobe para 7

São Paulo, 16 jul (EFE).- Autoridades dos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul confirmaram hoje três novas mortes em decorrência da gripe suína no Brasil, o que eleva para sete o total de vítimas fatais da doença no país.

EFE |

A primeira morte pela gripe confirmada hoje foi a de um caminhoneiro de 29 anos, que faleceu na madrugada, após ficar dez dias internado em terapia intensiva, confirmaram a autoridades de cidade de Uruguaina, que faz fronteira com a Argentina.

A Prefeitura de Osasco, região metropolitana de São Paulo, informou depois sobre o segundo óbito pela gripe no dia, confirmado em um homem de 21 anos. Duas vítimas fatais do vírus já foram confirmadas na cidade.

Mais tarde, a Secretaria de Saúde do Rio de Janeiro confirmou, em comunicado, a terceira morte, de uma mulher de 37 anos, que tinha sido internada no dia 3 de julho e morreu na segunda-feira passada.

O Ministério da Saúde ainda não se pronunciou sobre os novos casos fatais, mas anunciou uma entrevista coletiva com o ministro José Gomes Temporão ainda hoje.

O último balanço oficial publicado ontem pelo Ministério da Saúde confirma 1.175 contágios pela gripe no Brasil e aponta que quase 4 mil casos estão sendo analisados.

Apesar do nome, a gripe suína não apresenta risco de infecção por ingestão de carne de porco e derivados. EFE az/pd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG