Pequim, 29 dez (EFE).- O britânico Akmal Shaikh, condenado à morte em 2008 pelos tribunais chineses após ser detido em posse de quatro quilos de heroína, foi executado hoje às 10h30 hora local (0h30 pelo horário de Brasília) na cidade de Urumqi (noroeste do país).

Shaikh é o primeiro europeu castigado com a pena capital na China nos últimos 60 anos, informou a ONG Reprieve. EFE abc/fm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.