Confiança em Berlusconi sobe para 48% após agressão

A confiança no chefe de Governo italiano, Silvio Berlusconi, subiu três pontos, a 48%, depois da agressão da qual foi vítima há oito dias, segundo uma pesquisa do instituto IPR publicado nesta segunda-feira pelo jornal La Repubblica.

AFP |

A pesquisa, no entanto, mostra que a maioria dos entrevistados, 49%, teem pouca ou nenhuma confiança no milionário.

Depois de três meses de constante queda nas pesquisas, em que sua popopularidade registrou sua pior marca, 45%, desde sua vitória nas eleições de abril de 2008, esta é a primeira vez que a confiança em Berlusconi melhora nas pesquisas.

No domingo retrasado, no fim de um comício eleitoral, Silvio Berlusconi foi atingido no rosto por uma miniatura da catedral de Milão, atirada por um homem tratado há uma década por problemas psiquiátricos. O chefe de governo teve o nariz e dois dentes quebrados, e o agressor foi detido.

Berlusconi passou quatro noites no hospital antes de receber alta, na quinta-feira. Ele deverá ficar 15 dias de repouso, sem participar de eventos públicos.

asl/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG