A conferência das Nações Unidas sobre o clima corre o risco de fracassar, a menos que os representantes dos países participantes ajam com rapidez para reduzir suas diferenças, disse o vice-ministro das Relações Exteriores da China, He Yafei.

"Não devemos demorar sobre o que nos divide, mas aproximar nossos pontos de vista senão iremos nos confrontar ao fracasso", insistiu o vice-ministro durante uma entrevista à imprensa, paralelamente às negociações sobre o clima na capital dinamarquesa.

str/co/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.