Condutor de trem passou sinal vermelho enquanto enviava um SMS, diz imprensa

Los Angeles (EUA) - O choque de dois trens nos arredores de Los Angeles, no qual morreram 25 pessoas, foi causado porque o condutor do trem de passageiros passou um sinal vermelho enquanto enviava uma mensagem de texto, informaram hoje meios de imprensa locais.

EFE |

Além das 25 pessoas que morreram, incluindo o condutor do trem de passageiros da empresa Metrolink, cerca de 135 ficaram feridas no acidente da sexta-feira, 44 delas em estado muito grave, segundo as autoridades de Los Angeles.

Um jovem apreciador de trens disse à rádio "KCAL" e à televisão "CBS2" que um minuto antes do acidente o condutor lhe enviou uma mensagem de texto SMS para seu telefone celular comentando o trajeto que percorria.

Este jovem e outros adolescentes fãs dos trens tinham o costume de se comunicar com este condutor, um profissional com dez anos de experiência entusiasta das ferrovias.

Estes jovens insistiram aos meios de imprensa que seu amigo era um profissional muito responsável que nunca faltou com seu dever.

A porta-voz da Metrolink, Denise Tyrell, afirmou ontem em entrevista coletiva: "Devemos reconhecer que foi um condutor da Metrolink que cometeu o erro causador do acidente".

Sobre a possibilidade de o motorista usar um telefone celular no momento do acidente, Tyrell disse: "Não posso crer que alguém pudesse estar escrevendo mensagens de texto enquanto conduzia".

O Conselho Nacional para a Segurança no Transporte expressou cautela a respeito, afirmando que versões parecidas haviam circulado sobre um acidente em Boston, mas que acabaram não se confirmando, informou o jornal "Los Angeles Times".

Leia mais sobre: acidente

    Leia tudo sobre: acidente

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG