democrático e independente - Mundo - iG" /

Condoleezza Rice diz que apóia um Líbano democrático e independente

Beirute, 16 jun (EFE).- A secretária de Estado americana, Condoleezza Rice, disse hoje em Beirute que apoiará um Líbano democrático e livre de ingerências estrangeiras, após se reunir com os principais líderes do país.

EFE |

"Os EUA vão continuar apoiando a democracia e a liberdade" no Líbano, disse Rice, depois de se reunir na capital libanesa com Saad Hariri, líder da maioria parlamentar, e outros dirigentes desta coalizão anti-Síria.

A secretária de Estado, que hoje também conversou com o presidente e com o primeiro-ministro do Líbano, insistiu que os EUA estão "comprometidos com um Líbano independente e livre" das ingerências estrangeiras e ressaltou que Washington apóia "a soberania e a estabilidade" do país.

Rice também se reuniu com o presidente do Parlamento e um dos principais nomes da oposição, Nabih Berri. A americana felicitou Berri pelos acordos de Doha, alcançados em maio pelas forças políticas libanesas para sair da crise em que se encontrava o país há 18 meses.

Rice disse que os EUA consideram o grupo xiita Hisbolá, líder da oposição no Líbano, como um agrupamento terrorista, mas que Washington está "disposto a trabalhar com qualquer Governo que seja eleito de forma democrática no Líbano".

A secretária de Estado já tinha dialogado anteriormente com o primeiro-ministro libanês, Fouad Siniora, para quem mostrou o desejo dos EUA de que se chegue a um solução sobre a região de Chebaa, único território libanês que permanece sob ocupação israelense, depois da retirada de Israel do Líbano em 2000.

Rice declarou ainda que chegou o momento de aplicar a resolução 1701 do Conselho de Segurança das Nações Unidas, que pôs fim ao conflito entre Líbano e Israel de 2006 e que entre outros pontos inclui o desarmamento de todas as milícias em território libanês.

A secretária de Estado tinha exposto estas mesmas questões para o presidente do Líbano, Michel Suleiman, com quem se reuniu logo após chegar em Beirute.

Condoleezza Rice chegou hoje ao Líbano em uma visita surpresa, após ter viajado a Israel para impulsionar as negociações de paz entre israelenses e palestinos. EFE ks/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG