submarino em interrogatórios da CIA - Mundo - iG" /

Condoleezza Rice autorizou submarino em interrogatórios da CIA

A CIA pediu autorização para aplicar métodos severos, em maio de 2002, em interrogatórios de suspeitos de terrorismo, e Condoleezza Rice, então conselheira para a Segurança nacional de George W. Bush, deu seu aval, segundo relatório do Senado americano.

AFP |

"A agência de inteligência recebeu luz verde para utilizar a simulação de afogamento, técnica conhecida como 'submarino' e considerada uma tortura, desde que em 26 de julho de 2002 o ministro da Justiça, John Ashcroft, destacou que a utilização do submarino é legal", segundo documento da comissão de inteligência do Senado publicado quarta-feira.

Nove dias antes, de acordo com documentos da CIA citados no relatório, Rice havia se reunido com George Tenet, diretor da agência de inteligência naquela época, e deu seu consentimento para que a CIA pudesse proceder ao interrogatório previsto de Abu Zubaydah sob esta premissa.

Zubaydah estava nas mãos dos americanos, acusado de ser um alto responsável da Al-Qaeda.

A autorização dada por Rice constituiria a primeira aprovação de um alto responsável da administração Bush para empregar uma técnica de interrogatório que o atual ministro da Justiça, Eric Holder, considera "tortura", segundo o relatório.

Este relatório é, até agora, o mais completo baseado em documentos liberados que marcam o apoio do governo Bush aos métodos de interrogatório altamente polêmicos.

Leia mais sobre tortura

    Leia tudo sobre: tortura

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG