Londres, 23 jul (EFE).- Cinco homens condenados em 2007 por um complô para perpetrar ataques químicos no Reino Unido perderam hoje o recurso contra a sentença.

Três juízes do Tribunal de Apelação de Londres rejeitaram hoje o recurso apresentado por Omar Khyam, Anthony García, Waheed Mahmood, Jawad Akbar e Salahuddin Amin.

Os cinco foram condenados à prisão perpétua após um julgamento realizado no tribunal de Old Bailey (Londres) em abril de 2007.

Os condenados pretendiam colocar artefatos explosivos fabricados com adubos na discoteca Ministry of Sound e no centro comercial Bluewater, em Kent (sudeste da Inglaterra).

Os cinco tinham sido detidos em 2004 em uma operação que contou com a participação dos serviços secretos e da unidade antiterrorista da Scotland Yard (Polícia Metropolitana de Londres). EFE vg/mh

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.