Condenado pela 2ª vez, terrorista francês pega 15 anos de prisão

Paris, 23 out (EFE).- O Tribunal Correcional de Paris condenou hoje a 15 anos de prisão, por fundar de uma célula terrorista que projetava atentados na França, Safé Bourada, de 38 anos, que já cumprira pena de prisão por participar de atentados ao metrô de Paris em 1995.

EFE |

Os juízes, que também condenaram outros oito membros do grupo terrorsita "Ansar al Fattouha" a penas de um a nove anos considerou que o franco-argelino Bourada foi "o criador e o responsável ideológico" por esta rede, desmantelada em 2005.

O tribunal considerou demonstrado que os cursinhos de formação organizados no Líbano pela "Ansar al Fattouha" tinham por objeto perpetrar atentados na França.

Após desarticular a quadrilha, em setembro de 2005, os investigadores descobriram que seus membros planejavam concretamente atacar o metrô de Paris, o aeroporto de Orly -ao sul da capital francesa- e a sede da contra-espionagem francesa (a Direção de Vigilância do Território, DST).

A Procuradoria francesa havia pedido 20 anos de prisão a Bourada por associação para fins terroristas e financiamento do terrorismo.

Em 1998, ele já tinha sido condenado a dez anos de prisão por sua participação nos atentados perpetrados pelo GIA no metrô de Paris em 1995, mas teve a sentença reduzida e saiu da prisão em fevereiro de 2003, e esteve vigiado desde então pelos serviços de informação da Polícia até sua captura dois anos e meio depois. EFE ac/jp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG