Condenado na Tailândia pedófilo canadense procurado em todo o mundo

Um professor canadense de 33 anos, Christopher Paul Neil, detido na Tailândia em 2007 por pedofilia, após ser procurado em todo o mundo, foi condenado nesta sexta-feira a três anos e três meses de prisão por rapto e abuso de um menor de 13 anos.

AFP |

Oriundo de Maple Ridge, na região de Vancouver, Canadá, Neil foi detido em 19 de outubro passado, no oeste da Tailândia, após uma perseguição internacional sem precedentes, promovida pela Interpol.

Na chamada operação "Vico", a Interpol mobilizou agentes das polícias de vários países.

O tribunal de Bangcoc, que já tinha condenado Christopher Paul Neil em outro caso, reduziu a pena para três anos e três meses, levando em conta sua confissão. A pena inicial era de seis anos e seis meses de prisão.

O professor canadense, que também foi multado em 60.000 bahts (cerca de 1.800 dólares), saiu do tribunal sorrindo, vestido com o uniforme laranja dos presos e com os pés acorrentados.

Neil é acusado de outros abusos, incluindo contra um menino de 9 anos, irmão da vítima de 13 anos.

O advogado do professor não estava presente no momento do veredicto, mas seu tradutor, Seros Mia, declarou que Neil "aceitaria a decisão do tribunal".

uan/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG