Concílio escolhe 3 candidatos a novo patriarca da Igreja Ortodoxa Russa

Moscou, 25 jan (EFE).- Os sacerdotes escolheram hoje em Moscou os três membros que serão apresentados como candidatos no concílio geral, do qual sairá o novo patriarca da Igreja Ortodoxa Russa e sucessor de Alexei II, morto em 5 de dezembro.

EFE |

Dos 145 concorrentes, o candidato que mais votos recebeu foi o metropolita Kiril, de Kaliningrado e Smolensk, guardião do trono patriarcal, com 97.

Em segundo lugar, com 32 votos, ficou o metropolita Kliment, de Kaluga e Borovsk, secretário da comissão preparatória do concílio e administrador do Patriarcado de Moscou.

Já o metropolita Filaret, de Minsk e Sluzk, ficou em terceiro, com 16 votos, informou o presidente da comissão de apuração, Isidor de Ekaterinodar e Kuban, citado pelas agências locais.

Por sua vez, o metropolita Yuvenali de Krutitsy e Kolomna, um dos integrantes mais idosos do Santo Sínodo e considerado um dos favoritos, obteve apenas 13 votos.

No total, participaram da votação, que aconteceu de forma secreta na sala de reuniões eclesiásticas da Catedral de Cristo Salvador, 198 dos 202 membros do concílio de sacerdotes.

Cada um dos participantes do concílio devia marcar na cédula apenas um nome dos 145 que figuravam no papel, e os três candidatos que receberem mais votos foram escolhidos.

Com isso, termina a primeira das duas fases do processo de eleição do novo líder dos ortodoxos russos, que seguirá com o concílio geral de 27 e 29 de janeiro.

No total, 12 mil policiais zelarão pela segurança durante as duas fases do processo eleitoral, explicou o Ministério do Interior russo. EFE egw/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG