Comunidades do Caribe pedem ajuda para combater fome e pragas

Dez comunidades indígenas do Caribe nicaguarense, afetadas ano passado por um ciclone, clamaram por ajuda ao governo para combater uma praga de ratos e superar a fome que padece na região, informou nesta quinta-feira a imprensa local.

AFP |

"A população passa fome porque a soja, os feijões e o azeite que recebemos como parte da ajuda governamental não dá até o final do mês", denunciou um dos líderes da zona, Steddy Spellman.

Ele ainda assegurou que a zona também tem sido invadida por uma praga de ratos e morcegos que entram nas casas rústicas de madeira para comer os poucos alimentos que as autoridades providenciam para sobrevivência.

"A pouca comida que nos entregam é armazenada em baldes de plástico, mas ao acordar vemos que os baldes foram perfurados por ratos que comem nossa comida", disse Spellman.

Os afetados vivem na zona costeira de Sandy Bay, um conglomerado de dez comunidades que foram atingidas em setembro passado pelo furacão Félix, causando graves danos econômicos em toda a região do atlântico norte da Nicarágua.

bm/cl

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG