Comunidade internacional promete US$ 4,8 bilhões de ajuda ao Sudão

Copenhague, 7 mai (EFE).- A comunidade internacional prometeu hoje durante uma conferência de doadores em Oslo conceder US$ 4,8 bilhões, até 2011, ao Sudão para tarefas de reconstrução e necessidades humanitárias.

EFE |

O diretor de estratégia do Banco Mundial, Hartwig Schafer, que organiza junto com a ONU essa conferência, destacou que o compromisso da comunidade internacional demonstra o êxito da iniciativa.

O Governo norueguês e a União Européia (UE) tinham anunciado ontem sua disposição de conceder ao Sudão ajudas, até 2011, no valor de US$ 2,5 bilhões de coroas norueguesas (US$ 500 milhões) e 300 milhões de euros (US$ 465 milhões), respectivamente.

O Governo sudanês havia pedido à comunidade internacional uma ajuda próxima a US$ 6 bilhões para este período.

Cerca de trinta países e organizações participaram, em Oslo, desta conferência, a terceira reunião anual do "Consórcio Sudão", que reúne o Governo de União Nacional sudanês e o Governo do sul do Sudão, os países doadores e as instituições internacionais.

O objetivo da reunião era revisar os progressos desde a conferência de doadores, em abril de 2005, também realizada na capital norueguesa, na qual a comunidade internacional prometeu US$ 4,5 bilhões para o Sudão no período 2005-2007.

A comunidade internacional condenou hoje o ataque do Exército sudanês, ocorrido no dia 4, contra uma escola e um mercado na região sulina de Darfur, que gerou 12 mortos e 30 feridos. EFE alc/fb

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG