Comunidade homossexual entra com processos contra proibição do casamento gay

Casais de lésbicas e grupos de defesa dos direitos dos homossexuais organizam nesta quinta-feira os últimos detalhes de três processos contra a emenda à Constituição da Califórnia (oeste), aprovada por voto popular na terça-feira, que proíbe o casamento entre pessoas do mesmo sexo, indicaram fontes judiciais.

AFP |

A comediante americana Ellen DeGeneres, que se casou em agosto com a atriz australiana Portia de Rossi, em Los Angeles, reagiu, quase dois dias depois da divulgação dos resultados da consulta popular. Ela disse estar atônita, "mais do que triste", afirmando que a Califórnia havia dado "um enorme passo para trás".

Na noite de quarta-feira, a comunidade homossexual convocou marchas de protesto nos dois principais centros do ativismo social gay na Califórnia: São Francisco e Los Angeles, onde milhares de pessoas se protestaram contra o fim do casamento homossexual. A polícia precisou intervir e sete manifestantes foram presos.

A Proposta 8, que estabelecia a emenda constitucional para banir o casamento gay, submetida à votação na terça-feira, foi aprovada com 52,5% dos votos, contra 47,5%, segundo dados da Secretaria de Estado local.

A votação reverte a decisão da Suprema Corte da Califórnia, tomada em maio deste ano, que permitia a união entre casais do mesmo sexo. Valendo-se da liberação judicial, cerca de 18.000 casais homossexuais contraíram matromônio no estado.

pb/ap/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG