Comunidade colombiana de Miami festeja resgate de reféns das Farc

Miami, 2 jul (EFE) - Representantes da comunidade colombiana de Miami (Estados Unidos) receberam hoje com alegria o resgate dos 15 seqüestrados das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), entre eles Ingrid Betancourt, e qualificaram a operação de um êxito da política de segurança democrática do Governo da Colômbia. Juan Carlos Zapata, congressista da Assembléia Legislativa Estadual da Flórida, disse à Agência Efe que são boas notícias e demonstra que é eficaz a estratégia política e militar do presidente (colombiano) Álvaro Uribe. Acho que após este golpe, as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia se encontram muito fracas. Isto vai causar uma queda no moral desse grupo e esperamos que ajude a propiciar mais libertações de reféns, expressou o legislador estadual de origem colombiana.

EFE |

Zapata considerou que outro dos aspectos positivos da libertação de Betancourt e outros 14 seqüestrados é que a Colômbia pode mostrar aos congressistas dos Estados Unidos quem viola os direitos humanos na nação andina.

"Isto demonstra aos democratas no Congresso (dos EUA), que trataram de forma muito injusta a Colômbia", destacou.

Carmenza Jaramillo, cônsul geral da Colômbia em Miami, afirmou que para a comunidade colombiana, integrada por 250 mil pessoas na Flórida, "é um momento muito especial e para o resto do mundo também, porque todos se envolveram com esta situação de Ingrid e dos demais seqüestrados".

"Muito feliz pelo povo colombiano, pela região. Acho que isto se olha com muita esperança e expectativa", ressaltou à Efe.

Quanto à atuação do Governo colombiano, considerou que o presidente Uribe "sempre respeitou a Constituição, mas nunca deixou de lado a segurança democrática e de buscar estas pessoas retidas contra sua vontade por tantos anos".

Juan Carlos Morales, um ex-seqüestrado colombiano residente em Orlando, disse que este dia foi muito aguardado tanto por ele quanto por seus compatriotas nos Estados Unidos.

"Hoje não é um dia de tristeza, mas é uma demonstração para a família de Ingrid Betancourt que em muitas ocasiões foram fortes com o presidente Uribe e o Governo, mas finalmente graças a Deus hoje retorna feliz sã e salva da mesma forma que os outros libertados", acrescentou.

Mauricio De Vengoechea, consultor político da firma de pesquisa de opinião pública Newlink, também expressou alegria pelos libertados e ressaltou a forma como se alcançou resgatar os seqüestrados. EFE so/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG