Publicidade
Publicidade - Super banner
Mundo
enhanced by Google
 

Comunidade Andina e UE concordam em negociar flexibilidade para Equador e Bolívia

A Comunidade Andina e a União Européia (UE) concordaram neste sábado em avançar para um acordo de associação, que inclui um Tratado de Livre Comércio, com flexibilidade para permitir que cada país andino se envolva no seu ritmo, anunciou o presidente peruano Alan García.

AFP |

"A reunião que acabamos de ter com os representantes da União Européia e os presidentes dos países andinos chegou a uma conclusão que é um passo fundamental de avanço", afirmou García em coletiva de imprensa no dia dedicado a encontros entre a cúpula européia e os blocos econômicos da América Latina.

"Estamos dispostos a assinar um acordo marco com flexibilidades", continuou o presidente peruano, explicando que segundo este compromisso os países andinos (Bolívia, Equador, Peru e Colômbia) poderão assinar um tratado comercial com a UE "em diferentes velocidades".

O Peru e a Colômbia manifestaram em diversas ocasiões suas intenções de negociar rapidamente com os europeus rumo a um TLC, enquanto o Equador e a Bolívia pedem outro tipo de acordo.

mar/fb/fp

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG