Componente de combustível de foguete é achado em leite para bebê nos EUA

Washington, 3 abr (EFE).- Investigadores do Centro para Controle e Prevenção de Doenças (CDC, em inglês) descobriram vestígios de uma substância encontrada no combustível de foguetes em leite para mamadeiras.

EFE |

O organismo federal comunicou hoje que os cientistas acharam a substância, identificada como perclorato, quando investigavam a origem de problemas na função da glândula tireóide.

O perclorato foi achado em maiores quantidades no leite de vaca para lactantes e também em alimentos sem lactose, assim como em aminoácidos sintéticos, destacou.

Até agora, não foi reportado qualquer problema de saúde derivado diretamente do consumo de leite contaminado com perclorato.

No ano passado foram encontrados vestígios da substância na água potável de pelo menos 35 estados. O perclorato pode inibir a absorção de iodo por parte da glândula tireóide, o que interfere no desenvolvimento fetal.

As amostras foram tiradas em uma só cidade, pelo que não se podem considerar os resultados em nível nacional, disseram os investigadores, que acrescentaram que a origem do perclorato é desconhecida.

No entanto, Anila Jacob, cientista do Grupo de Trabalho Ambiental (GTA), um organismo privado de pesquisas, indicou que a substância poderia ter duas origens.

Uma poderia ser o leite de vaca dado aos bebês nas mamadeiras ou no leite em pó e na água.

"Isso sugere que são milhões de bebês americanos que estariam em risco", indicou.

A descoberta impulsionou os esforços de grupos como o GTA para que a Agência de Gestão Ambiental do Governo (EPA) tome medidas para regular o perclorato na água potável. EFE ojl/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG