Complexos vitamínicos não reduzem risco de câncer nas mulheres

Os complexos vitamínicos não têm impacto na redução dos riscos de câncer ou doenças cardiovasculares nas mulheres depois da menopausa, indica o maior estudo do gênero realizado até hoje.

AFP |

Médicos examinaram 161.808 mulheres, com idades entre 50 e 79 anos, que participaram em testes clínicos com terapia hormonal, modificações na dieta e suplementos de vitamina D, enquanto outras 93.676 mulheres integraram um grupo de controle.

"As análises não revelam associações significativas entre o uso dos complexos vitamínicos e a maior possibilidade de desenvolver câncer ou uma doença cardiovascular", afirma o estudo publicado nos Anais de Medicina Interna.

No total, 41,5% das participantes tomaram complexos vitamínicos em um período de 15 anos.

Os autores do estudo destacaram que quase metade dos americanos tomam suplementos vitamínicos, apesar da falta de evidência sobre os benefícios de uma indústria que movimenta 20 bilhões de dólares por ano.

O estudo foi coordenado pelo Centro de Pesquisas sobre o Câncer de Seattle, Washington.

js/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG