Comparecimento de Chris Brown à Justiça de Los Angeles é adiado

(atualiza com anúncio de adiamento). Los Angeles (EUA), 5 mar (EFE).- O comparecimento de Chris Brown, previsto para esta quinta-feira perante uma corte de Los Angeles por relação ao caso de agressão à cantora Rihanna, há quase um mês, foi adiado para 6 de abril a pedido de seu advogado.

EFE |

Segundo as autoridades, o cantor, detido em 8 de fevereiro e posto em liberdade após pagar fiança de US$ 50 mil, foi hoje perante o juiz após receber acusações por agressão e ameaças criminosos contra sua namorada, que incluem uma pena que varia de liberdade condicional a um máximo de cinco anos em prisão.

Rihanna não foi ao tribunal, apenas seu advogado esteve presente.

De acordo com um boletim de ocorrência obtido pela imprensa local, a briga começou quando Rihanna leu uma mensagem de texto no celular de Brown no momento em que os dois voltavam para casa após participar de uma festa na véspera do Grammy.

Eles começaram a discutir, e Brown, de 19 anos, tentou forçar a namorada a sair do veículo.

O cantor teria então agredido várias vezes Rihanna e inclusive a teria ameaçado de morte. Mais tarde, ele se entregou à Polícia e publicou, através de seu agente, um comunicado se desculpando pelo ocorrido. EFE mg/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG