Companhias alemãs confirmam sucesso de voos de teste

Berlim, 18 abr (EFE).- As companhias aéreas Lufthansa e Air Berlin, as duas principais da Alemanha, confirmaram hoje que os voos de teste feitos no sábado se desenvolveram sem incidentes, apesar da nuvem de cinzas expelidas por um vulcão islandês.

EFE |

A Lufthansa enviou várias de suas aeronaves de Munique para Frankfurt, à espera de que se reabra o espaço aéreo alemão, fechado, por enquanto até as 15h (Brasília) de hoje.

Segundo um porta-voz da companhia, nenhum dos aviões, que voaram a uma altura máxima de 8 mil metros, sofreu danos por causa da fumaça. No entanto, assinalou que a empresa não deve realizar novos voos hoje.

A Lufthansa pediu também "dados confiáveis e concretos" sobre as medições da nuvem de cinzas e sobre seus efeitos no espaço aéreo, ao considerar que as informações atuais não são suficientes.

A Air Berlin também solicitou "resultados válidos" sobre as consequências da nuvem vulcânica, após realizar ontem três voos de teste a 3 mil metros de altura, dois deles entre Munique e Duesseldorf e outro entre Nuremberg e Hamburgo.

A companhia aérea informou que nos resultados dos testes não foram encontradas justificativas para o fechamento do espaço aéreo alemão.

A Air Berlin decidiu, por enquanto, não retomar os voos de teste até as 21h (Brasília).

Já a holandesa KLM anunciou que fará hoje oito novos voos de teste entre Alemanha e Holanda, após comprovar o sucesso dos dois primeiros que realizou.

Da mesma forma, a Air France fará também hoje voos sem passageiros para comprovar o estado do espaço aéreo francês. EFE nvm/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG