Comitê de Hillary oferece jantar com Bill para pagar dívidas

Washington, 17 abr (EFE).- Os doadores que ajudarem o comitê da fracassada campanha presidencial da agora secretária de Estado dos Estados Unidos, Hillary Clinton, a pagar as dívidas poderão concorrer nada menos que a um encontro com o marido da chefe da diplomacia americana, Bill Clinton.

EFE |

Esse é um dos prêmios que James Carville, assessor de Hillary na campanha, anunciou em um e-mail recente e que aparece em destaque hoje no site www.hillaryclinton.com.

"Passe um dia com o presidente Clinton", afirma a mensagem enviada por Carville, que diz que o vencedor poderá desfrutar de vários "eventos interessantes" com o ex-presidente em Nova York.

Entre os prêmios está a possibilidade de participar, ao vivo, na final do programa "American Idol", e um fim de semana em Washington com vários assessores de Hillary.

"Faça uma contribuição de US$ 5 e poderá desfrutar de uma oportunidade que se apresenta uma única vez na vida", diz o e-mail, que, aparentemente, rendeu bons frutos.

De acordo com os documentos entregues pelo comitê esta semana à Comissão Federal Eleitoral, os depósitos no banco totalizam US$ 2,6 milhões, e as dívidas, US$ 2,3 milhões.

Fontes do comitê explicaram hoje à Agência Efe que a dívida ainda não está totalmente saldada porque os US$ 300 mil restantes não cobrem os gastos administrativos nos quais os assessores incorreram, cujo valor não foi divulgado. EFE tb/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG