Comitê da FDA recomenda Avastin para tumores cerebrais

O grupo farmacêutico americano Genentech indicou nesta quarta-feira que um comitê de especialistas das autoridades sanitárias americanas (FDA) recomendou estender as indicações de seu medicamento Avastin ao tratamento contra tumores cerebrais.

AFP |

"O comitê de recomendação da FDA reconheceu por unanimidade que os efeitos (do Avastin) sobre glioblastomas (tumores cerebrais) eram suficientemente amplos para que seja razoável supor um benefício clínico", informou Genentech em um comunicado.

Avastin, comercializado nos EUA para o tratamento do câncer de cólon, ou câncer de mama e alguns tipos de câncer de pulmão, combinado à quimioterapia, gerou à Genetech um faturamento de 2,690 bilhões de dólares em 2008, segundo seus resultados anuais publicados em meados de janeiro.

Segundo os estudos realizados pelo grupo, entre 85 pacientes com glioblastoma tratados com Avastin 28% tiveram o tumor reduzido em pelo menos à metade e 43% constataram uma estabilização da doença.

jug/lm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG