Comitê contra detenções políticas entre Fatah e Hamas começa seus trabalhos

Gaza, 9 set (EFE).- Um comitê nacional contra as detenções políticas entre o Fatah e o Hamas nos territórios sob seu controle começou hoje seu trabalho, com o objetivo de reduzir a distância entre as duas principais facções palestinas.

EFE |

O organismo, formado por deputados, advogados e ativistas a favor dos direitos humanos independentes, deve concluir seus trabalhos até o fim do mês, segundo fontes deste comitê.

Para isso, seus representantes se reuniram com o presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Mahmoud Abbas, na cidade cisjordaniana de Ramala, e com o ministro do Interior do Governo do Hamas em Gaza, Said Siyam, na capital deste território.

Desde junho de 2007, o Hamas controla a Faixa de Gaza, enquanto a ANP, nas mãos do Fatah, só rege na Cisjordânia.

Foi então, após seis dias de sangrentos enfrentamentos, que começou a onda de detenções mútuas.

Atualmente, o Fatah mantém retidos na Cisjordânia cerca de 270 simpatizantes do Hamas, enquanto o movimento islâmico tem atrás das grades cerca de 140 partidários do Fatah, segundo as acusações mútuas. EFE sar/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG