Comissão retira obstáculo para construção de mesquita em NY

Polêmico projeto prevê centro islâmico em local próximo ao Marco Zero, onde estavam localizadas as torres do World Trade Center

iG São Paulo |

Uma decisão da  da cidade de Nova York anunciada nesta terça-feira retirou o principal obstáculo para a construção de uma mesquita a duas quadras do Marco Zero, onde estavam localizadas as torres do World Trade Center, destruídas nos atentados de 11 de Setembro.

Por nove votos a zero, a Comissão retirou da lista de monumentos históricos o prédio que atualmente está no local desejado para a construção da mesquita. A decisão abre caminho para que o edifício construído em 1850 seja demolido.

Após a votação, houve aplausou e protestos. Americanos contrários à construção da mesquita gritaram "vergonha" e mostraram cartazes com frases como: "essa mesquita glorifica assassinos".

O prefeito de Nova York, Michael Bloomberg, que defende o projeto, comemorou a decisão da comissão. "Ceder ao sentimento popular seria dar uma vitória aos terroristas", afirmou.

A construção da mesquita já havia sido aprovada pelo Conselho Municipal de Nova York em maio. Os defensores do projeto argumentam que o templo vai ajudar na superação dos estereótipos negativos associados à comunidade muçulmana desde os ataques de 11 de Setembro. Os opositores afirmam que construir uma mesquita tão perto do Marco Zero é um insulto às vítimas.

O projeto, que tem custo estimado em US$ 100 milhões, prevê a construção de uma torre de 15 andares que abrigará uma mesquita, um auditório de 500 lugares e uma piscina.

Com AP e The New York Times

    Leia tudo sobre: 11 de setembromesquitanova york

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG