Tegucigalpa, 21 jul (EFE).- Os representantes do novo Governo de Honduras no diálogo com a delegação do presidente deposto Manuel Zelaya viajarão amanhã para Costa Rica, informou hoje o novo chefe de Estado hondurenho, Roberto Micheletti.

Micheletti deu tal informação em entrevista coletiva sobre a negociação mediada pelo presidente da Costa Rica, Óscar Arias, para buscar uma saída para a crise surgida após a queda de Zelaya.

O novo presidente de Honduras, que foi nomeado pelo Parlamento para substituir Zelaya em 28 de junho, disse esperar que "todos os problemas destas duas comissões sejam resolvidos".

No domingo passado, a segunda rodada de diálogo entre ambas as partes concluiu sem acordo. Os representantes de Micheletti chamaram de "inaceitável" a proposta apresentada por Arias, que apontava para a restituição de Zelaya no poder.

Arias, cujo papel de mediador conta com amplo apoio da comunidade internacional, deu um prazo de 72 horas - que vence amanhã - para convencer Micheletti a aceitar suas propostas, pois teme que uma guerra civil exploda em Honduras.

Em Tegucigalpa, as novas autoridades descartaram que existam condições para uma guerra civil no país. EFE lb/bba

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.