Comissão independente recebe mais de 200 denúncias de fraude em pleito afegão

Cabul, 23 ago (EFE).- O órgão afegão encarregado de investigar fraudes nas eleições nacionais anunciou hoje que recebeu 225 denúncias de irregularidades durante o pleito presidencial da última quinta-feira no Afeganistão.

EFE |

A Comissão de Queixas Eleitorais (CQE), que é independente da Comissão Eleitoral afegã e tem o apoio da ONU, informou que 35 dessas reclamações foram consideradas de alta prioridade, já que poderiam alterar os resultados da disputa.

Em entrevista coletiva, Grant Kippen, diretor da CQE, disse que essas denúncias estão relacionadas a violações das urnas ou intimidações contra eleitores, entre outros casos.

O anúncio da CQE coincide com declarações do principal concorrente da oposição, o ex-ministro de Assuntos Exteriores Abdullah Abdullah, que acusa a equipe do presidente Hamid Karzai, candidato à reeleição, de ter fraudado o pleito.

Uma fonte do escritório de campanha de Abdullah disse à Agência Efe que o ex-ministro tem provas de que a equipe de Karzai cometeu irregularidades nas eleições.

Segundo um anúncio feito hoje pelo secretário da Comissão Eleitoral afegã, Daoud Ali Najafi, na próxima terça-feira podem ser apresentados os resultados da apuração de 30% dos votos. EFE lo/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG