A Comissão Europeia propôs nesta terça-feira a elaboração de uma lista negra mundial das companhias aéreas perigosas, depois do acidente de um Airbus A310 da Yemenia, que caiu perto das ilhas Comores com 153 pessoas a bordo.

"Minha ideia é propor uma lista negra mundial semelhante à lista negra que é utilizada na União Europeia", declarou o comissário europeu dos Transportes, Antonio Tajani.

Ele completou que fará a proposta em alguns dias, durante um encontro em Bruxelas com os presidentes do conselho da Organização da Aviação Civil Internacional (OACI).

siu/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.