Bruxelas, 13 ago (EFE).- A comissária de Relações Exteriores da União Européia (UE), Benita Ferrero-Waldner, condenou hoje com firmeza o atentado cometido hoje na cidade libanesa de Trípoli, no qual morreram pelo menos onze pessoas e 45 ficaram feridas.

"Os autores deste atroz crime terrorista devem ser perseguidos e levados à Justiça", disse a comissária, que também reafirmou o apoio da União Européia ao Executivo libanês em sua luta contra o terrorismo.

"A UE se mantém inquebrantável em seu apoio para fortalecer as instituições do Líbano, e está preparada para contribuir com todos os esforços necessários para garantir a estabilidade do país", afirmou Ferrero-Waldner.

O atentado aconteceu no centro de Trípoli e foi cometido com uma bomba colocada em um ônibus que fazia o trajeto desta cidade até Byblos.

Dos feridos, trinta são militares, já que o ônibus era ocupado, principalmente, por soldados, informou o comando militar libanês.

EFE ahg/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.